• MaxClean

Limpeza em condomínios residenciais: saiba como definir protocolos

Crie protocolos de limpeza em condomínios residenciais e veja como garantir segurança à saúde das pessoas e baixo custo aos condôminos.


Administrar um condomínio e garantir a segurança dos moradores é mesmo um papel bastante importante e complexo. Dentro desses serviços, entra em cena o cuidado com toda parte de higienização e limpeza para o bem-estar e a saúde dos condôminos.

Para ajudar nesse momento, é necessário adotar um protocolo de limpeza eficaz, ação que se tornou ainda mais essencial nesse período de pandemia no qual vivemos.

Quer se manter atualizado sobre este assunto para definir um protocolo seguro para condomínios residenciais? Confira esse artigo e saiba mais. Boa Leitura!

Mas, afinal, o que é um protocolo de limpeza?

É definido por meio de um conjunto de procedimentos de higienização para áreas gerais ou específicas. O protocolo de limpeza visa remover sujidades e garantir a desinfecção dos locais.

Essa é uma forma de evitar a proliferação de doenças, além de tornar os espaços mais agradáveis visualmente, fundamental para áreas com uma grande circulação de pessoas, como em condomínios residenciais.

Como definir um protocolo de limpeza para condomínios residenciais?

Seguir um protocolo de limpeza eficiente para condomínios residenciais é importante e, se você não sabe como iniciar, confira algumas recomendações essenciais:


- Definir frequência de limpeza: o tempo entre as higienizações deve ser indicado de acordo com cada ambiente. Defina de acordo com o fluxo de pessoas. Veja um exemplo de limpezas:

  • Diária: calçadas, pisos, portaria, banheiros, elevadores, escadarias, academias.

  • Semanal: quadras esportivas, playgrounds, churrasqueiras, móveis, espelhos.

  • Quinzenal: lixeiras, janelas externas, jardins, paredes.

  • Mensal: garagens, grades e escadas de emergência.

Lembrando que durante a pandemia, tudo precisou ser redobrado, então atente-se para desinfectar espaços de uso comum com maior frequência.

- Escolher materiais: os produtos mais indicados para desinfecção de ambientes vão depender do que o time contratado para tal serviço indicar. Lembrando que todos devem ser de uso profissional e certificado pela Anvisa. Lembrando que álcool 70%, detergente e sabão são essenciais.

- Estipular tipos de limpeza: defina as limpezas entre geral (higienização completa), de conservação (para manter o espaço cheiroso e agradável) ou de manutenção (previne situações desagradáveis, como o fornecimento de água suja) e, depois disso, faça um cronograma com os tipos de limpeza para cada dia/semana.

- Descrever regras de preparação e execução: serve para que a equipe de limpeza saiba o que é esperado dela, facilitando o processo para os profissionais e aumentando a satisfação dos moradores. Uma boa dica é investir em checklists.

Como aplicar o protocolo no seu condomínio?

A melhor forma de aplicar o protocolo é, antes de tudo, garantir que ele será executado por profissionais altamente qualificados na sua área de atuação, que saberá fazer a correta gestão de materiais e assegurar a segurança de todos.

Não sabe como começar o protocolo? Conte com a MaxClean!

Oferecemos consultoria gratuita indicando todos os pontos de melhorias em limpeza do seu condomínio para levar até você as melhores soluções, através de produtos e equipamentos de qualidade e treinamento para a equipe.

Clique aqui e solicite agora!

17 visualizações0 comentário