• MaxClean

Dia do Infectologista: saiba tudo sobre o profissional


Em tempos de pandemia de Covid-19, os profissionais da saúde ganharam ainda mais destaque e o seu merecido espaço. Isso não foi diferente com o infectologista, que se tornou fundamental para ajudar as pessoas no combate da doença.


Vamos falar mais sobre o especialista, o que de fato ele faz e quais as suas áreas de atuação no segmento? Continue aqui e Boa Leitura!


O que faz um infectologista?


O infectologista, segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia, é o médico que diagnostica e trata doenças infecciosas causadas por vírus, bactérias, fungos e demais microrganismos.


O trabalho do especialista é investigar, apresentar propostas de uma terapia adequada e prevenir processos infecciosos, assim como analisar o quadro clínico em questão.


Quais são as áreas em que o infectologista pode atuar


O infectologista pode atuar no segmento de medicina em diferentes áreas:

  • Infecções sexualmente transmissíveis;

  • Infecção hospitalar/resistência antimicrobiana;

  • Zoonoses e arboviroses (que são o vírus da dengue e febre amarela, por exemplo);

  • Imunizações (vacinação).

Esse médico também pode se especializar em controle de infecção hospitalar, infectologia hospitalar, infectologia na saúde pública, pacientes imunossuprimidos e infectologia ambulatorial, etc.


Em tempos de pandemia, um infectologista é essencial: o papel do infectologista na saúde ficou ainda mais em evidência diante do início do Coronavírus, já que ele é o especialista com maior propriedade para falar e tratar da doença.


Feliz Dia do Infectologista


No Brasil, a data é celebrada em 11 de abril, mesmo dia que marca o nascimento de Emílio Ribas. Ao longo de sua carreira, o médico se tornou um importante profissional no país, dedicando seus cuidados a doenças infecciosas.


Deixamos registrado aqui o nosso parabéns a esse especialista tão incrível, que cuida de nossa saúde com muito carinho e respeito e uma dica para todos: um hábito saudável para prevenção de infecções sempre será a higiene correta das mãos, por isso, cuide-se.


6 visualizações0 comentário