• MaxClean

A importância da higiene de supermercados para a conservação de alimentos


Administrar um estabelecimento comercial não é uma tarefa fácil. E quando o assunto é supermercados, esse trabalho é ainda mais difícil.


A ampla variedade de produtos nesses estabelecimentos, que vai de produtos de limpeza a alimentos, exige muita responsabilidade e atenção. Tudo precisa ser minimamente planejado, executado e considerado para que o local consiga prosperar e alcançar um posto de destaque e autoridade no mercado.

Para que isso ocorra, é necessário apostar em estratégias concretas que realmente agreguem valor ao negócio, sem nunca deixar de lado a saúde pública e o cuidado ambiental. Afinal, esses também são diferenciais cada vez mais valorizados pelo consumidor.


Considerando essa exigência e a elevada competitividade do mercado, é possível enxergar claramente a importância de adotar recursos que vão além de ofertas, preços atrativos e ações de marketing.

O cuidado com o ambiente físico do estabelecimento também é essencial e, infelizmente, acaba constantemente negligenciado. Essa cautela inclui a higiene e organização, que devem sempre atuar com o objetivo de conquistar o cliente à primeira vista, elevando, consequentemente, a fidelização.

A qualidade e conservação de alimentos são alguns dos fatores mais cruciais relacionados ao cenário físico dos supermercados. E a limpeza vai influenciar diretamente na concepção deles, positivamente ou negativamente.


Como você quer que o seu negócio seja notado e lembrado?

Neste texto você vai compreender como a higiene é necessária para uma adequada conservação de alimentos e sucesso dos supermercados. Entenda mais a seguir!



Entendendo a conservação de alimentos

Antes de tudo, é preciso entender que a conservação de alimentos tem o objetivo de evitar que eles sofram alterações físicas, químicas, enzimáticas e microbianas.

A conservação pode ser feita por diversos processos, como a refrigeração, o congelamento e a desidratação, e está diretamente ligada à higiene e limpeza.

Essa relação deve-se ao fato de que com um ambiente devidamente limpo, desinfetado e organizado, menores serão as chances do desenvolvimento de microrganismos e da presença de animais e seus dejetos.

Com isso, mais qualidade é proporcionada aos alimentos e à vida dos consumidores.


Como manter um supermercado devidamente limpo, desinfetado e organizado?

Uma das principais características dos supermercados é o seu elevado fluxo de pessoas, que podem ser crianças, adultos e idosos.

Lidar diariamente com essa quantidade e variedade de clientes levanta desafios, mas que podem ser encarados com mais assertividade ao apostar em uma higiene apropriada.

Tudo deve ser planejado para garantir a máxima qualidade e conservação dos alimentos, reduzindo a probabilidade de erros.

É claro que adversidades acontecem, mas o mais importante é ter estratégias para lidar com elas da melhor forma, reduzindo os seus danos.

Pense, como exemplo, nos momentos em que a procura e o fluxo de pessoas aumentam ainda mais, como no final do ano e demais datas comemorativas. Se o supermercado não estiver preparado, com um plano de higiene e limpeza pré-estabelecido que já mostre eficácia, o cenário pode ser perfeito para a ocorrência de acidentes e dores de cabeça desnecessárias.

Com tudo isso em vista, listamos 4 cuidados necessários para manter o supermercado efetivamente limpo, desinfetado e organizado, garantindo a adequada conservação de alimentos:


1) Considerar todos os setores e suas especificidades

Cada supermercado é único, tem o seu próprio funcionamento e necessidades específicas. Logo, não existe uma fórmula pronta universal cabível a todos que proporcione sucesso aos processos de higiene e organização.

Cada estabelecimento deve ter a sua própria estratégia de limpeza, que será desenvolvida a partir de suas particularidades.

É imprescindível que todos os seus ambientes sejam considerados, o que faz com que os pontos de atenção na limpeza de supermercados sejam diversos, indo dos estacionamentos aos estoques.

São variados e numerosos setores, áreas, produtos, gôndolas, prateleiras, freezers, geladeiras, fornos e superfícies, como pisos, tetos, paredes, torneiras, portas, vidros entre várias outras.

Por mais que algumas dessas áreas não abriguem alimentos, elas podem influenciá-los de forma indireta!

Os banheiros, por exemplo, são constantemente utilizados por funcionários e clientes. Se não forem devidamente higienizados, os sanitários serão transformados em pólos de proliferação e desenvolvimento de microrganismos.

Assim, após o uso, as pessoas poderão transportar vírus e bactérias para outras áreas do supermercado, como para os alimentos ao manuseá-los.

Chegando aos alimentos, principalmente aos não embalados e perecíveis, a porta para a contaminação é aberta. E o resultado disso com certeza não é nada atrativo.

Você pode chegar a perder numerosas quantidades de produtos e acabar prejudicando a saúde de diversas pessoas. Afinal, o que é adquirido no seu estabelecimento pode ser consumido lá mesmo ou nos lares e restaurantes de terceiros. O efeito pode ser dominó, criando uma corrente de contaminação e disseminação dessas informações, afetando também a imagem do seu negócio!

Além dos danos à saúde por meio dos alimentos, as enfermidades também podem ser transmitidas pelo próprio estabelecimento, por meio do ar e do contato com superfícies.

Dessa forma, também é possível perceber a importância de se garantir um ambiente devidamente arejado e iluminado. Assim, reduz-se a possibilidade de proliferação de mofos e de microrganismos, além de permitir detectar com mais facilidade a possível existência de sujidades e seres macroscópicos.

Em suma: se definitivamente todos os locais não forem adequadamente limpos e organizados, as más condições podem acabar ocasionando o transporte de microrganismos de um local para outro, chegando aos alimentos e, depois, à mesa dos consumidores. Além do perigo para a saúde dos próprios funcionários e para a imagem e sucesso do seu negócio.



2) Estabelecimento de rotinas

Para garantir a conservação de alimentos nos supermercados, é imprescindível que a limpeza, além de considerar todos os locais do estabelecimento e suas respectivas particularidades, tenha uma rotina minuciosamente planejada e seguida à risca.

De nada adianta estabelecer as necessidades de cada área e estratégias de limpeza se elas não são respeitadas no dia-a-dia. Além disso, a frequência com que a higienização é feita é extremamente importante para evitar a alteração dos alimentos.

É o planejamento da rotina que vai determinar essa frequência para cada setor e área. Ela também vai conter os produtos e equipamentos necessários para cada função, os dias, horários e funcionários encarregados. Isso tudo vai ser elaborado de acordo com o tamanho de cada espaço, fluxo de pessoas, horário de funcionamento e necessidades particulares.

Os setores que comportam alimentos em freezers e geladeiras são um ótimo exemplo para expor a importância da rotina. A refrigeração e o congelamento são alguns dos métodos de conservação de alimentos mais utilizados e atuam por meio de câmaras frigoríficas.

A baixa temperatura e circulação de ar desses refrigeradores retarda a alteração dos alimentos por desenvolvimento de microrganismos e ação enzimática. E se eles forem mal higienizados, terão a sua função prejudicada, podendo atuar como um ambiente propulsor à contaminação.

Assim, a rotina da higiene deve analisar e especificar corretamente as necessidades dos refrigeradores, considerando que cada um abriga produtos diferentes com diferentes necessidades de limpeza. As temperaturas também devem ser frequentemente monitoradas, para evitar derretimentos e perdas de produtos, o que também interfere na limpeza.

Agora considere essas especificidades englobando todos os ambientes do supermercado. Para alcançar uma higiene e limpeza de qualidade, que ajam em prol da conservação de alimentos, é imprescindível o desenvolvimento de uma rotina exímia. E mais: os gestores também precisam acompanhar de perto a sua correta aplicação.



3) Treinamento de pessoal

Ter funcionários bem treinados e direcionados é mais um fator indispensável para que o seu supermercado alcance higiene e organização de qualidade.

Os colaboradores precisam receber todas as orientações necessárias para o desenvolvimento da melhor higienização. Isso inclui salientar a importância e funções de cada processo, como as rotinas, as necessidades de cada área, o modo de uso dos produtos de limpeza, o uso de EPIs (equipamentos de proteção individual) e as exigências dos órgãos reguladores.

Esse direcionamento não deve se resumir aos funcionários encarregados pela limpeza. Toda a equipe deve ser constantemente lembrada e conscientizada para que o cuidado com o ambiente e com a higiene seja realmente um fator legítimo da cultura do seu supermercado.

Com todos estando cientes do funcionamento dos processos de higiene e limpeza, fica muito mais fácil de detectar e prevenir possíveis adversidades em relação à conservação de alimentos.

Uma equipe bem treinada é uma equipe prontificada e preparada para agir em todas as situações, independente da intensidade do fluxo de clientes.


4) Uso de produtos de limpeza adequados

Um supermercado que deseja alcançar e manter a excelência e o sucesso, ter um reconhecimento positivo de mercado e elevada fidelização do consumidor, precisa assegurar a qualidade em todos os seus âmbitos.

No caso da limpeza então, é preciso muita responsabilidade. Os produtos e equipamentos utilizados devem assegurar a adequada eliminação de agentes infecciosos do ambiente.

Apenas assim será possível reduzir a possibilidade de contaminação dos alimentos, garantir a funcionalidade dos métodos de conservação adotados e agir em prol da saúde dos funcionários e clientes. E a única forma de certificar isso é fugindo de produtos caseiros e clandestinos. Eles não apresentam eficácia comprovada e podem colocar o seu negócio em risco!

Os produtos de limpeza profissional são a melhor escolha para o seu supermercado. Eles são autorizados pelos órgãos reguladores e fiscalizadores. Portanto, apresentam ação certeira contra agentes infecciosos, sempre quando utilizados nas quantidades e diluições adequadas; colaboram para a saúde dos funcionários e clientes; e possuem embalagens que facilitam o manuseio.

Profissionalizando a limpeza do seu supermercado, você certifica a melhor higiene para o seu estabelecimento. Melhora-se a conservação de alimentos, a produtividade e disposição dos funcionários, a saúde dos colaboradores e da clientela, e o reconhecimento e popularidade do seu negócio no mercado!


Conte com a Max Clean!

Esperamos ter te ajudado a compreender a importância de uma boa higiene para a conservação de alimentos e sucesso do seu supermercado.

E mais uma vez perguntamos: como você quer que o seu estabelecimento seja lembrado?

A Max Clean é especializada em limpeza profissional e pode te ajudar em qualquer assunto relacionado à higiene do seu negócio. Se você deseja aprimorar os seus processos de limpeza, fale agora mesmo com um dos nossos consultores.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe as novidades nas nossas redes sociais!

Facebook | Linkedin | Instagram

181 visualizações

SIGA - NOS NAS REDES SOCIAIS

  • LinkedIn - MaxClean
  • Facebook - MaxClean
  • Instagram - MaxClean

MAPA DO SITE

BRASÍLIA  61 3361-3330

GOIÂNIA  62 3294-1448

© Copyright 2017 MaxClean Comércio Serviços Imp. Exp. Ltda. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por 113dc Design + Comunicação